Bases

INTRODUÇÃO

Os Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha têm como objeto reconhecer o trabalho informativo dos profissionais do jornalismo de língua espanhola e portuguesa dos países que integram a Comunidade Ibero-Americana de Nações e das nações com as quais a Espanha tem vínculos de natureza histórica e cultural. São concedidos anualmente desde 1983, quando foram criados pela Agência EFE e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

Em sua trajetória, os Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha incorporaram novos valores. Os prêmios reconhecem não só a qualidade dos trabalhos publicados que contribuam para a comunicação e o mútuo conhecimento entre os povos ibero-americanos e aqueles com os quais a Espanha tem laços históricos e culturais, mas também os trabalhos relacionados com o Meio Ambiente e o Desenvolvimento Sustentável - essenciais para a sobrevivência do planeta e a evolução rumo a um desenvolvimento inclusivo, sustentável e igualitário - e a solidariedade, enfatizando o componente social e a comunidade global.

BASES DA CONVOCAÇÃO DA XXXIV EDIÇÃO DOS PRÊMIOS INTERNACIONAIS DE JORNALISMO REI DA ESPANHA

1.- A Agência EFE e a Secretaria de Estado de Cooperação Internacional e para a Ibero-América, através da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), convocam, em caráter anual, os seguintes prêmios de jornalismo:

  • Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Imprensa, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Televisão, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Rádio, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Fotografia, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Internacional Rei da Espanha de Jornalismo Digital, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Especial Ibero-americano de Jornalismo Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, que oferece 6.000 euros.
  • Prêmio Ibero-americano de Jornalismo, que ofrece 6.000 euros.

2.- Podem concorrer a estes prêmios - a título pessoal - jornalistas dos seguintes países: Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, Guatemala, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Honduras, Israel, Marrocos, México, Moçambique, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Principado de Andorra, Porto Rico, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste, Uruguai e Venezuela.

3.- Também poderão apresentar candidaturas a estes prêmios associações profissionais de jornalistas, instituições, assim como as unidades de cooperação exterior da AECID e os delegados da Agência EFE nos países citados acima.

4.-

  • O Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Imprensa será concedido ao melhor trabalho informativo realizado por jornalistas dos países mencionados e publicado em jornal ou revista das nações citadas em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Televisão será concedido ao melhor trabalho informativo realizado por jornalistas dos países antes mencionados e transmitido por emissora de televisão das citadas nações em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Rádio será concedido ao melhor trabalho informativo realizado por jornalistas dos países mencionados e veiculado em emissora de rádio das citadas nações em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha de Fotografia será concedido à melhor fotografia ou reportagem gráfica realizada por jornalistas dos países mencionados e publicada em jornal ou revista das citadas nações em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Internacional Rei da Espanha de Jornalismo Digital será concedido ao trabalho multimídia que se destaque pela busca de uma estrutura informativa adequada para os novos meios tecnológicos e que explore todas as possibilidades que este suporte oferece; realizado por jornalistas dos países antes mencionados e publicado em página de internet das citadas nações em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Especial de Jornalismo Ambiental e Desenvolvimento Sustentável ao melhor trabalho que contribua à comunicação de comportamentos e modelos de desenvolvimento sustentável, assim como para uma maior cultura sócioambiental, realizado por jornalistas dos países antes mencionados, publicado na imprensa escrita ou na internet, ou ainda transmitido por rádio ou televisão em qualquer das citadas nações em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa.
  • O Prêmio Ibero-americano de Jornalismo será concedido ao melhor trabalho que contribua para a comunicação e o mútuo conhecimento entre os povos ibéricos, desde que realizado por jornalistas dos países supracitados e publicado na mídia impressa ou na internet, ou transmitido por rádio ou televisão, em língua espanhola –assim como em qualquer das línguas do Estado espanhol– ou portuguesa, nas nações mencionadas.

5.- Todos os trabalhos candidatos a qualquer um dos prêmios terão que ter sido divulgados entre 1º de setembro de 2015 e 31 de agosto de 2016.

6.- A decisão do júri será anunciada no país e na data a serem decididos pela Agência EFE e a Secretaria de Estado de Cooperação Internacional e para a Ibero-América, através da AECID.

7.- A presidência e vice-presidência do júri corresponderão, alternativamente em cada convocação, a um representante da Secretaria de Estado de Cooperação Internacional e para a Ibero-América e a outro da Agência EFE. O júri estará integrado também por cinco profissionais de reconhecido prestígio dos países relacionados no ponto 2.

8.- O procedimento da concessão dos prêmios será baseado nos princípios de publicidade, transparência, objetividade, igualdade e não discriminação, mediante a avaliação das candidaturas propostas, seguindo os critérios de rigorosidade e qualidade. O júri se pronunciará pela maioria dos votos emitidos. Nas votações, somente serão levados em conta os votos dados pelos membros do júri que assistirem pessoalmente às reuniões.

9.- Atuará como secretário do júri, com voz, mas sem voto, uma pessoa designada pela Agência EFE e a AECID.

10.- Para concorrer aos prêmios, é possível enviar os trabalhos por três diferentes meios:

  • Através das delegações da Agência EFE nos países citados.
  • Envio direto ao escritório central da Agência EFE: Avenida de Burgos, 8 B. 28036 Madri (España).
  • Através das Embaixadas da Espanha nos países citados.

11.- Cada candidato poderá apresentar um único trabalho jornalístico - coluna, artigo, crônica, entrevista, reportagem, etc.-, para os prêmios de imprensa escrita, televisão, rádio, jornalismo digital e jornalismo ambiental.

Para a categoria de fotografia, poderão ser enviadas até três, no máximo, caso se trate de uma reportagem gráfica.

Para as séries de reportagens ou trabalhos de investigação escritas, de rádio, de televisão, de jornalismo digital ou de jornalismo ambiental, deverá ser apresentado um só capítulo, acompanhado de uma sinopse do trabalho completo

12.- Dos trabalhos correspondentes a imprensa escrita, deverão ser enviados original e oito cópias das páginas completas do periódico ou revista que os tenha publicado, nas quais possa ser conferida a data dos mesmos. Além disso, devem ser especificados à parte o título, o nome do veículo e a data de publicação.

As fotografias devem ser enviadas em duas cópias tamanho 18 x 24 cm. aproximadamente, coloridas ou em preto e branco e uma cópia em CD ou DVD ou e-mail a prêmios@efe.com, com uma resolução mínima de 300 DPI e tamanho mínimo de 20 Mb (formato JPG ou TIFF). Deverão estar acompanhadas do original das páginas completas do jornal ou revista que as publicou, com indicação do título, nome do veículo e a data de publicação.

Quanto aos trabalhos correspondentes a rádio e televisão, deve ser enviado um exemplar em CD ou DVD, com indicação do nome do veículo e comprovação da data de exibição. Os trabalhos de rádio devem ser apresentados em formato digital reproduzível mediante os programas convencionais de áudio (Media Player ou Real Player), em suporte digital. Os trabalhos de televisão devem ser apresentados em formato DVD-Vídeo.

Em relação aos trabalhos de jornalismo digital, devem ser apresentados em CD, com indicação do nome do veículo e comprovação da data de publicação. Também podem ser enviados por e-mail a prêmios@efe.com, desde que seu tamanho seja inferior a 6 MB.

Junto com os trabalhos, em folha à parte, o candidato deve indicar seu nome, sobrenome, endereço, telefone, e-mail e credenciamento profissional. Além disso, deve enviar um breve currículo e uma foto pessoal.

13.- Quando o participante for uma equipe ou um veículo de comunicação, deverá especificar o nome do representante que, caso o trabalho seja premiado, receberia o prêmio.

14.- Os trabalhos que forem apresentados por qualquer uma das vias especificadas no parágrafo 11 deverão ser recebidos antes de 30 de setembro de 2016.

15.- Se o escolhido como vencedor do prêmio for um autor falecido, seu valor correspondente será dado ao herdeiro ou herdeiros legais do agraciado.

16.- Não poderão concorrer aos Prêmios os profissionais da Agência EFE ou da AECID. Também não poderão concorrer os agraciados em edições anteriores até transcorridos três anos desde a obtenção do Prêmio, salvo se o Júri, por unanimidade, o decidir, em atenção à excepcional qualidade do trabalho apresentado.

17.- Os prêmios poderão ser declarados sem vencedor se, a julgamento do júri, a qualidade das propostas recebidas não obtiver o nível exigido. Os prêmios não poderão ser divididos, nem compartilhados.

18.- A participação no presente concurso supõe a aceitação íntegra das presentes bases e a autorização à Agência EFE, ao Ministério das Relações Exteriores e de Cooperação e à AECID para a reprodução e distribuição dos trabalhos apresentados, assinados por seus autores dentro do âmbito de publicidade e informação sobre os Prêmios de Jornalismo Rei de Espanha. Além disso, não serão devolvidos os originais recebidos. Os participantes autorizam expressamente que seu nome e sobrenomes sejam divulgados pela Agência EFE, pelo Ministério das Relações Exteriores e de Cooperação e pela AECID, com a finalidade de promover o concurso e referenciar a obra ganhadora.

19.- Os dados pessoais dos participantes serão incorporados a um arquivo de responsabilidade da Agência EFE com a finalidade de tramitar sua participação no concurso, promovê-lo, entregar os prêmios, e convidá-los a eventos e atos públicos que possam ser de seu interesse.

20.- Todos os participantes renunciam de forma expressa a efetuar qualquer impugnação da decisão do prêmio. De qualquer forma, os participantes poderão exercer seus direitos de acesso, retificação, cancelamento e oposição através de correio comum à Agência EFE no endereço indicado nas presentes bases, apresentando fotocópia de seu RG ou documento equivalente, e se identificando como participante deste concurso.

Para mais informações, consulte a documentação dos Prêmios no site www.efe.com ou pelo e-mail: premios@efe.com.