EFEJoão Pessoa

A gestora espanhola Aena assumiu nesta segunda-feira a operação do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Paraíba, o quinto de seis terminais que foram obtidos em leilão realizado no ano passado.

O equipamento está na cidade de Santa Rita está localizado a 12 quilômetros da capital do estado, João Pessoa, e recebeu em 2019 o total de 1.315.767, segundo dados divulgados pela Aena Brasil, por meio de comunicado.

Uma equipe da companhia espanhola veio de Madri para acompanhar os primeiros dias de operação do terminal, para garantir que não haja "incidentes na continuidade e na melhoria dos serviços" que eram oferecidos pela Infraero.

"Assumir hoje a operação e a gestão do aeroporto de João Pessoa demonstra o compromisso da Aena com nordeste, em geral, e em particular com o estado da Paraíba", afirma o presidente da Aena Brasil, Santiago Yus, em comunicado.

A empresa espanhola obteve, em março de 2019 a concessão, por 30 anos, de seis aeroportos da região, com uma oferta de R$ 1,9 bilhão.

Desde janeiro, já foi assumida a operação dos terminais de Juazeiro do Norte, Campina Grande, Aracaju e Maceió, faltando apenas a iniciar a operação no de Recife. Todos somaram 13,7 milhões de passageiros, 6,5% do total do país.