EFEBrasília

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, recebeu nesta sexta-feira seu homólogo dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah Bin Zayed al Nahyan, com quem concordou em promover os investimentos mútuos e o turismo entre ambos países.

Em um pronunciamento conjunto aos jornalistas, Araújo destacou o interesse do Brasil em captar um maior investimento desse país árabe, que acumula na economia do país capitais no valor de US$ 5 bilhões, distribuídos em diversos setores.

"Sabemos do potencial dos fundos de investimento dos Emirados Árabes Unidos e o Brasil oferece oportunidades de negócios em agricultura, infraestrutura, ciência e tecnologia e outras áreas", indicou Araújo.

Além disso, foram discutidas alternativas para dar um maior impulso à troca comercial entre ambos países, que em 2018 alcançou a soma de US$ 2,6 bilhões.

O ministro brasileiro também disse que analisaram a situação do Oriente Médio e a ameaça que o terrorismo representa nessa região, e garantiu que o Brasil "está pronto para apoiar os esforços a favor da paz e da estabilidade".

Durante a visita do xeque Al Nahyan também foram assinados um acordo para a promoção do turismo entre ambos países e outro que estabelece as bases para uma maior cooperação jurídica no âmbito internacional.

O ministro árabe foi recebido posteriormente pelo presidente Jair Bolsonaro, para um encontro privado, no qual esteve acompanhado pelo chanceler Araújo.

Abdullah Bin Zayed al Nahyan chegou a Brasília procedente da Colômbia, onde nesta quinta-feira foi assinado um acordo para a isenção mútua de vistos para portadores de passaportes comuns.