EFEBarcelona

Dezenas de brasileiros que vivem em Barcelona, na Espanha, se concentraram neste domingo na praça Sant Jaume para protestar contra as políticas do presidente Jair Bolsonaro e sua gestão na crise da Covid-19.

Vestidos com máscaras com as cores do Brasil, os manifestantes exibiram faixas como "Liberdade para Lula e todos os presos políticos" e gritaram palavras de ordens como "Fora Bolsonaro e todos os líderes do golpe".

Eles tomaram as ruas coincidindo com a mobilização mundial que entidades sociais e políticas brasileiras convocaram em cerca de 70 cidades em 23 países, como Londres, Paris, Munique e Berlim, para mostrar sua rejeição às ações de Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus, "as ameaças fascistas e democráticas no Brasil".

"Este ato é um grito de rejeição à política de Bolsonaro", explicou um dos manifestantes em Barcelona.

Bolsonaro, afirmavam os manifestantes, "encorajou a homofobia e o racismo", promoveu a destruição da Amazônia e colocou o Brasil no foco mundial da crise da Covid-19, minimizando a gravidade da pandemia e não tomando medidas para contê-la.

Eles também reivindicaram o legado dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do Partido dos Trabalhadores.