EFEGaranhuns (PE)

A 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), um dos eventos culturais mais tradicionais do Nordeste do país e que neste ano homenageia Jackson do Pandeiro, foi aberta nesta quinta-feira e reunirá, até o próximo dia 27, mais de 500 atrações.

Entre os diversos shows musicais da programação estão os de Maria Rita, Lenine, Zélia Duncan, Céu, Barão Vermelho e Alcione. No teatro, o destaque de hoje foi o espetáculo "O Som e a Sílaba", de Miguel Falabella.

Além das atrações cênicas e musicais, visitantes e moradores da cidade dconhecida como Suíça Pernambucana - e que nestes dias tem registrado temperaturas perto dos 14 graus Celsius - terão a oportunidade de participar de oficinas de pintura, confecção e moda, além de degustar o melhor da singular gastronomia nordestina.

"Nestes dez dias, nossos turistas estarão cercados de música, teatro, cinema, literatura e todas as belezas naturais do município, que conta também com um forte turismo religioso e é, além disso, um polo gastronômico", afirmou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Nesta edição, a maratona cultural do Festival de Inverno de Garanhuns presta homenagem ao cantor e instrumentista José Gomes Filho, o Jackson do Pandeiro, que completaria 100 anos em agosto deste ano. Assim como Luiz Gonzaga (1912-1989) está eternizado como Rei do Baião, Jackson, graças à habilidade em brincar com os tempos e contratempos de diversos gêneros musicais, é festejado como o Rei do Ritmo.

"Os dois representam a fusão do tradicional e o contemporâneo na música brasileira e apresentam uma grande diversidade de ritmos e estilos na obra que nos deixaram como legado", declarou André Brasileiro, coordenador-geral do FIG.

Nayara Batschke.