EFEMadri

A Ezentis, grupo espanhol especializado em instalação e manutenção de infraestrutura para o setor de energia e de telecomunicações, anunciou nesta quinta-feira a fusão das suas duas filiais no Brasil, Ezentis Energia e Ezentis Telecom, para simplificar a estrutura da empresa e ser mais eficiente.

O presidente executivo da Ezentis Brasil, grupo criado após a união, será Diego de Cárdenas, enquanto Sergio Martins ocupará a direção geral.

A carteira de contratos resultante da fusão totalizará 270 milhões de euros, 28% do valor dos contratos do grupo, que inclui entre os seus clientes Telefónica, Telecom Italia, Enel e Neoenergía, filial da também espanhola Iberdrola.

A simplificação da estrutura em uma única subsidiária busca melhorar seu posicionamento no mercado e alcançar novas eficiências derivadas da sinergia.

Depois da Espanha, que representa 35,7% do faturamento da Ezentis, o Brasil é o segundo maior contribuinte, com 34,1%, seguido pelo Chile, com 20,2%.