EFESão Paulo

O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, ultrapassou nesta quarta-feira, pela primeira vez na sua história, a barreira simbólica dos 106.000 pontos, em meio à expectativa pela votação no Congresso do texto-base da reforma da previdência.

Por volta de 14h (horário de Brasília), o Ibovespa subia 1,95%, para 106.567 pontos.

Os debates no plenário da Câmara dos Deputados terminaram na noite de ontem com 353 votos a favor do fechamento de discussões do texto e 118 contrários, enquanto um pedido da oposição para retirar a votação da agenda foi derrotado por 331 a 117.

Com esse panorama, o governo do presidente Jair Bolsonaro está otimista para que a reforma consiga avançar mais uma etapa nesta quarta-feira no Congresso.

Por sua vez, o dólar registrava queda de 1,23% e era cotado a R$ 3,7595 para venda, com o mercado de divisas atento ao pronunciamento nos Estados Unidos do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Jerome Powell, sobre as perspectivas econômicas do país.