EFESão Paulo

O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, parabenizou nesta quinta-feira o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pela aposta na abertura econômica, que estaria gerando aumento da confiança internacional no país.

Moreno e Bolsonaro participaram hoje da abertura da terceira edição do Fórum de Investimentos Brasil 2019, que acontece em São Paulo. Ambos afirmaram que, depois da recessão atravessada entre 2015 e 2016, o Brasil começa a dar sinais de recuperação.

"Em um momento que muitos países estão olhando para dentro e questionando o comércio exterior, o Brasil está iniciando uma ambiciosa agenda de abertura econômica e inserção internacional", afirmou o presidente do BID.

Moreno destacou que o mercado e os setor financeiro estão mostrando confiança, e ainda citou os recentes acordos firmados com a União Europeia e a Associação Europeia de Livre Comércio (Efta, pela sigla em inglês), como vitórias de Bolsonaro, além de ter classificado como "histórica" a proposta da Reforma da Previdência.

"Se o Senado a aprovar, o Brasil economizará cerca de US$ 200 bilhões na próxima década", disse líder do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Ainda assim, Moreno garantiu a necessidade de uma agenda de reformas, com a tributária, embora tenha reafirmado que os indicadores econômicos recentes deixem evidentes que as medidas liberais do governo estão alcançando o resultado esperado e que há todos os elementos para a economia do Brasil despontar globalmente.

"São um investimento a longo prazo, que renderá frutos imediatos, ao aumentar a confiança do país e também beneficiará as futuras gerações", detalhou.

Entre hoje e amanhã, o governo apresentará no Fórum de Investimentos Brasil 2019 as principais oportunidades de negócios no país, em diferentes setores estratégicos, como dee energia, infraestrutura e agrícola.