EFEMoscou

A Rússia firmou um contrato para instalar no Brasil uma sexta estação de navegação por satélite GLONASS, considerada uma alternativa ao GPS americano, que ficará em Belém, no Pará.

O acordo foi assinado entre uma filial da agência espacial russa Roscosmos, por uma parte, e a Universidade Federal do Pará (UFPA) e a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), por outra, informou a agência russa em comunicado divulgado nesta terça-feira.

Esta será a sexta estação de navegação por satélite russa no Brasil, que começou a estudar a capacidade do sistema russo em 2010, após uma visita do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva para impulsionar a cooperação bilateral. A primeira instalação do GLONASS no Brasil foi aberta em 2013.