EFESão Paulo

O técnico Tite confirmou nesta quinta-feira que não escalará o meia Arthur entre os titulares na partida de abertura da Copa América, entre Brasil e Bolívia, amanhã, no Morumbi, enquanto o auxiliar Cleber Xavier anunciou que o atacante Roberto Firmino começará jogando.

"Arthur não vai começar jogando porque não treinou em um nível mais forte e não vou ser tão irresponsável de escalá-lo", declarou Tite em entrevista coletiva.

Arthur sofreu uma pancada no joelho direito na goleada da seleção brasileira sobre Honduras por 7 a 0, em amistosos disputado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no último domingo. Isso o deixou fora de qualquer atividade na segunda e na terça-feira, e ontem o jogador do Barcelona fez um trabalho à parte. O treinador deu a entender que Allan e Fernandinho disputam a vaga.

"São jogadores com caraterísticas diferentes, mas de qualquer forma dariam maior liberdade de criação a Philippe Coutinho e possivelmente vão oferecer uma maior criatividade ao lateral", comentou Tite.

Por outro lado, Cleber Xavier confirmou que Roberto Firmino será o centroavante titular, levando a melhor em disputa com Gabriel Jesus. O mais provável é que o trio da frente será formado pelo jogador do Liverpool, David Neres e Richarlison.

Perguntado sobre a pressão de comandar a seleção favorita ao título jogando em casa, Tite admitiu que ela existe, mas destacou a força da concorrência.

"Não dá para fugir dessa pressão. Sabemos que precisamos construir etapas rumo ao título, em cima de erros e acertos. Somos um dos favoritos, mas não somos os únicos. Temos que ter responsabilidade com alegria. Tem que ter pressão, mas também prazer", disse.

A seleção brasileira disputará a partida de abertura da Copa América nesta sexta-feira. A equipe pentacampeã mundial e a Bolívia estão no grupo A, que tem ainda Venezuela e Peru.