Na transformação digital, a área Comunicação volta aos holofotesTexto escrito por Thais Antoniolli, Presidente da PR Newswire América Latina.

PR Newswire

SÃO PAULO, 11 de dezembro de 2019

SÃO PAULO, 11 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- Uma pesquisa do instituto de pesquisas Gartner mostra que embora 87% dos profissionais pesquisados concordam que "digital" é uma grande prioridade, a digitalização pode ter significados distintos para diferentes líderes. Já pensou nisso? "Quando essa prioridade organizacional chega à comunicação, o significado de 'digitalização' pode parecer ainda menos claro", segundo Elizabeth M. Barrett, líder de pesquisa do Gartner.

A digitalização leva a uma perspectiva integrada e centrada no cliente em toda a empresa. E para os líderes de comunicação, a transformação digital cria imperativos distintos à medida que os objetivos de negócios evoluem.

Até pouco tempo, a Comunicação negligenciava a transformação digital e deixava a função a cargo do Marketing. Mas a área viu-se diante do desafio de mostrar seu valor para a empresa e o digital colocou o departamento de volta ao jogo.

Assim, a área começou a experimentar diferentes mídias e canais digitais para identificar quais deles melhor alcançam, envolvem e influenciam as partes interessadas em todo o espectro, externa e internamente. Muitos líderes de comunicação já estão lançando mão de métricas e outras tecnologias, como a própria inteligência artificial (AI).

O objetivo das atividades de comunicação deve ser influenciar o comportamento das partes interessadas de maneira a atingir os objetivos de negócios. Os comunicadores de sucesso colaboram com seus parceiros de negócios internos para identificar os principais comportamentos que as comunicações terão como alvo e, em seguida, concordam com as métricas relacionadas a esses comportamentos.

Uma abordagem particularmente bem-sucedida é fazer engenharia reversa de métricas de comunicação a partir dos resultados que os parceiros de negócios se preocupam. Ao fazer isso, as métricas se tornam valiosas por causa do contexto em que são usadas.

Agora a área precisa escolher qual batalha lutar. Antes de investir em um programa formal de métricas, os líderes de Comunicação devem avaliar os benefícios dessa atividade. Mas calma! Isso não significa simplesmente limar a ideia. Basta lembrar, inicialmente, que esses projetos podem levar tempo, esforço e atenção da equipe para coletar e analisar dados.

É preciso identificar quais ferramentas digitais podem ajudar suas funções a obter uma rotina mais eficiente. À medida que essas ferramentas se tornam mais avançadas e funcionais, os benefícios aumentam. É o momento de, efetivamente, a área retomar seu brilho estratégico e voltar aos holofotes.

Em um mundo cada vez mais digital, os líderes de comunicação se esforçam para acompanhar as últimas tendências, como o desenvolvimento da capacidade de conteúdo digital e a adaptação das normas de comunicação atuais às tendências digitais em evolução. Mais do que nunca, os comunicadores se perguntam como podem integrar o digital às suas rotinas.

Para acompanhar o ritmo, desenvolva a perspicácia digital dos talentos da área e um entendimento básico das novas tecnologias. Aqueles que entendem melhor as oportunidades e implicações das tecnologias que impactam seu público estão mais bem posicionados para identificar oportunidades de aproveitá-los com sucesso.

Informações para contato:
Daniela Penna
E-mail: daniela.penna@pitchcom.com.br
+55 (11) 94145-6532

FONTE PR Newswire América Latina