Principais acionistas da Avianca e acionista controlador da GOL criam o Grupo Abra, líder em transporte aéreo na América Latina

PR Newswire

LONDRES, 11 de maio de 2022

-- Sujeito às habituais aprovações regulatórias e condições de fechamento, o Grupo Abra controlará a Avianca e a GOL, reunindo suas marcas icônicas em um único grupo --

-- Por meio de recentes investimentos feitos pelos acionistas de Avianca e Viva, o Grupo Abra também deterá uma participação não controladora de 100% dos interesses econômicos nas operações da Viva na Colômbia e no Peru, e um investimento em dívida conversível representando uma participação minoritária na Sky Airline (Chile) --

-- As companhias aéreas manterão suas marcas, equipes e cultura enquanto se beneficiam de maior eficiência e investimentos feitos pelo mesmo grupo controlador --

-- Clientes se beneficiarão de melhores tarifas, acesso a mais destinos, maior frequência de voos e conexões bem sincronizadas, além da capacidade de acumular e resgatar pontos no LifeMiles e na Smiles, os programas de fidelidade líderes de mercado das duas marcas --

LONDRES, 11 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- Os principais acionistas da Avianca (Colômbia) e o acionista controlador da GOL (Brasil) assinaram um acordo histórico para criar um grupo líder em transporte aéreo na América Latina, por meio de uma estrutura de holding denominada Abra Group Limited ("Grupo Abra"). Sujeito às habituais aprovações regulatórias e condições de fechamento, o Grupo Abra controlará a Avianca e a GOL, reunindo suas marcas icônicas em uma única holding.

Por meio de recentes investimentos feitos pelos acionistas da Avianca e da Viva, o Grupo Abra também deterá uma participação não controladora de 100% dos interesses econômicos nas operações da Viva na Colômbia e no Peru e um investimento em dívida conversível representando uma participação minoritária na Sky Airline (Chile).

Juntas, Avianca e GOL serão a base de uma malha pan-latinoamericana de companhias aéreas com o objetivo ter o menor custo unitário em seus respectivos mercados, os programas de fidelidade líderes em suas regiões e outros negócios sinérgicos. Avianca e GOL continuarão mantendo independentes suas marcas, equipes e cultura, enquanto se beneficiam de maior eficiência e investimentos feitos pelo mesmo grupo controlador.

O Abra fornecerá uma plataforma para que as companhias aéreas operacionais reduzam ainda mais os custos, obtenham maiores economias de escala, continuem a operar uma frota de aeronaves de última geração, e expandam suas rotas, serviços, ofertas de produtos e programas de fidelidade.

Agregadas, as companhias aéreas participantes do Grupo Abra oferecerão aos seus Clientes a maior malha de rotas complementares, com sobreposição mínima em seus mercados.

A solidez financeira da Abra proporcionará estabilidade e agilidade de longo prazo às companhias aéreas participantes, o que permitirá investimentos consistentes e sustentáveis em inovação e sinergias.

O Grupo Abra será co-controlado pelos principais acionistas da Avianca e pelo acionista controlador da GOL, e liderado por executivos com larga experiência em transporte aéreo e em atuação regional, longa trajetória de empreendedorismo e construção de marcas e um histórico comprovado de crescimento e transformações bem-sucedidas de companhias aéreas.

  • Roberto Kriete, que será o Chairman do Grupo, transformou a TACA na principal companhia aérea da América Central, na década de 1980, e fez a fusão com a colombiana Avianca Airlines em 2009. Ele também fundou, em 2006, a Volaris, principal companhia aérea mexicana.
  • Constantino de Oliveira Junior, que será o CEO do Grupo, revolucionou o mercado latino-americano de transporte aéreo, sendo pioneiro no modelo low cost na região, quando fundou a GOL em 2001. Junto com as aquisições de VRG, em 2007, e Webjet, em 2011, ele conduziu seu crescimento para uma posição de liderança no mercado.
  • Adrian Neuhauser, atual Presidente e CEO da Avianca, e Richard Lark, atual CFO da GOL, serão Co-presidentes do Grupo, enquanto mantêm suas atuais funções nas companhias aéreas. Mais detalhes sobre o time de gestão do Grupo Abra serão fornecidos após o fechamento.
Os gestores do Grupo Abra estarão focados na obtenção de sinergias para garantir a estrutura de menor custo unitário nos seus respectivos mercados, na expansão de rotas, na oferta de produtos de serviços e nos programas de fidelidade, além de liderar inovações que atendam às necessidades em contínua evolução dos passageiros e Clientes de carga no competitivo mercado de transporte aéreo da América Latina e de outras regiões.    

O Abra também garantirá que suas companhias operacionais sejam líderes na condução ambiental, social e corporativa (ESG) em seus mercados, fornecendo governança aprimorada, assim como solidez financeira para continuar investindo em uma frota com menor pegada de carbono, o que deverá acelerar significativamente o caminho do setor aéreo em direção ao cumprimento das metas de neutralidade de CO2.

Roberto Kriete, Chairman do Grupo Abra, disse: "Nossa visão é criar um grupo de transporte aéreo que enderece os desafios do século 21 e aprimore as viagens aéreas para nossos Clientes, Colaboradores e parceiros, bem como para as comunidades em que operamos. Nossos Clientes se beneficiarão de tarifas ainda melhores, acesso a mais destinos, maior frequência de voos e conexões bem sincronizadas, assim como a capacidade de acumular e resgatar pontos nos programas de fidelidade das marcas. Também poderão desfrutar de benefícios aprimorados de viagem e acesso a produtos e serviços superiores."

Constantino de Oliveira Junior, CEO do Grupo Abra, disse: "Este acordo coloca as companhias aéreas do Grupo Abra em posição de liderança em viagens aéreas na América Latina – atendendo a uma população de mais de um bilhão de pessoas e um PIB de quase US$3 trilhões – e oferecendo oportunidades significativas de capacidade e crescimento de receita. A estrutura corporativa única permitirá que cada companhia aérea gere resultados mantendo independentes suas marcas, equipes e cultura, e proporcione aos Colaboradores mais oportunidades de crescimento pessoal e profissional em todas as fases de suas carreiras."

TERMOS DA TRANSAÇÃO

O Abra Group Limited é uma empresa de capital fechado incorporada no Reino Unido. Após o fechamento, o Grupo controlará a Avianca e a GOL e, como consequência, também deterá participação econômica não controladora nas operações da Viva na Colômbia e Peru e um investimento em dívida conversível representando uma participação minoritária na Sky Airline (Chile).

Alguns investidores financeiros se comprometeram a investir até US$350 milhões em ações do Grupo Abra após o fechamento, fortalecendo ainda mais o balanço patrimonial e a posição de liquidez do Grupo.

O fechamento da transação é esperado para ocorrer no segundo semestre de 2022, sujeito às condições habituais de fechamento e regulatórias.

CONSULTORES/ASSESSORES

Evercore e RBC Capital Markets atuam como consultores financeiros e Milbank LLP, como consultor jurídico do Grupo Abra. Gibson, Dunn &Crutcher LLP presta assessoria jurídica a alguns investidores e Lefosse Advogados e Brasilpar assessoram o acionista controlador da GOL.

WEBCAST E INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Os gestores do Grupo Abra participarão de um webcast às 14h horário BST (8h horário de Bogotá, 9h horário de Nova Iorque, 10h horário de Brasília) de hoje (11 de maio) para discutir o anúncio. Para se inscrever e participar do webcast, acessar o link https://event.on24.com/wcc/r/3769845/C4DE87F9FF37AEAF60AC786EB9AE15BC.

A gravação do webcast estará disponível no mesmo link após a conclusão da transmissão.

Para mais informações, visite www.abragroup.net.

SOBRE AS COMPANHIAS AÉREAS

AVIANCA GROUP INTERNATIONAL LIMITED inclui a Avianca -membro da Star Alliance-, LifeMiles e Avianca Cargo. No transporte de passageiros e com mais de 102 anos de operação contínua desde 1919, a Avianca é a companhia aérea líder na Colômbia, América Central, Equador e possui uma das maiores operações aéreas da América Latina com 130 rotas, 3.800 voos semanais e uma frota de mais de 110 aeronaves Airbus 320 e Boeing 787 Dreamliner, conectando-se com cerca de 65 destinos nas Américas e Europa. Mais de 10 milhões de associados e 450 marcas aliadas fazem parte de seu programa de fidelidade, LifeMiles, um dos maiores da região. No transporte de cargas, a Avianca Cargo é líder na região e é a principal operadora em diferentes mercados das Américas. Atende mais de 50 destinos com uma frota de aeronaves de carga Airbus A330, além da operação em bellies em aeronaves de passageiros. A Avianca saiu com sucesso do Capítulo 11 no final de 2021 e hoje conta com uma equipe de mais de 12.000 pessoas comprometidas em fornecer um serviço seguro, conveniente, acessível e amigável aos seus clientes. Saiba mais em www.avianca.com.

GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (B3: GOLL4 e NYSE: GOL): A GOL é a maior companhia aérea do Brasil, líder nos segmentos corporativo e de lazer. Desde sua fundação, em 2001, ela é a empresa de mais baixo custo unitário na América Latina, o que possibilitou a democratização do transporte aéreo. A companhia mantém parcerias com a American Airlines e a Air France-KLM e disponibiliza aos Clientes diversos acordos de codeshare e interline, trazendo mais conveniência e facilidade nas conexões para qualquer lugar atendido por essas parcerias. Com o propósito de "Ser a Primeira para Todos", a GOL oferece a melhor experiência de viagem aos seus passageiros, incluindo: a maior oferta de assentos e mais espaço entre as poltronas, a mais completa plataforma com internet, filmes e TV ao vivo e o melhor programa de fidelidade, SMILES. No transporte de cargas, a GOLLOG possibilita a entrega de encomendas para diversas regiões no Brasil e no exterior e mantém uma parceria com o Mercado Livre. A GOL conta com uma equipe de 14.100 profissionais da aviação altamente qualificados e focados na Segurança, seu valor número um, e opera uma frota padronizada de 142 aeronaves Boeing 737. As ações da companhia são negociadas na B3 (GOLL4) e na NYSE (GOL). Para mais informações, visite      www.voegol.com.br/ri.    

INFORMAÇÃO SOBRE DECLARAÇÕES PROSPECTIVAS

As informações contidas neste comunicado contêm declarações e estimativas "prospectivas" relacionadas a eventos futuros, que estão, por sua natureza, sujeitos a riscos e incertezas significativos. Todas as declarações que não sejam declarações de fatos históricos contidas neste comunicado, incluindo, sem limitação, aquelas relacionadas às companhias aéreas mencionadas neste comunicado ("Companhias Aéreas") ou seus principais acionistas/acionista controlador      ("Proprietários Majoritários"), estratégia futura, planos, objetivos, metas, desenvolvimentos futuros nos mercados em que tais Companhias Aéreas operam, e quaisquer declarações precedidas, seguidas de ou que incluam as palavras "acreditar", "esperar", "apontar", "pretender", "irá", "poderá", " projeto", "estimar", "antecipar", "prever", "procurar", "deveria" ou palavras ou expressões semelhantes, são declarações prospectivas. Os eventos futuros mencionados nestas declarações prospectivas envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas, contingências e outros fatores, muitos dos quais estão além do controle das Companhias Aéreas ou dos Proprietários Majoritários, que podem causar resultados reais, desempenho, ou eventos que diferem materialmente daqueles expressos ou implícitos nestas declarações. Essas declarações prospectivas são baseadas em várias suposições relacionadas às estratégias de negócios atuais e futuras das Companhias Aéreas e dos Proprietários Majoritários e ao ambiente em que operarão no futuro e não são garantia de desempenho futuro. Tais declarações prospectivas são válidas apenas na data em que são feitas. Nenhum dos P     roprietários Majoritários ou qualquer de seus afiliados, executivos, diretores, funcionários e agentes assume qualquer dever ou obrigação de atualizar ou revisar quaisquer declarações prospectivas, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma, exceto por medida exigida pela lei. Nenhum dos Proprietários Majoritários ou qualquer um de seus afiliados, executivos, diretores, funcionários, consultores profissionais e agentes fazem qualquer representação, garantia ou previsão de que os resultados previstos por tais declarações prospectivas serão alcançados, e tais declarações prospectivas representam, em cada caso, apenas um dos muitos cenários possíveis e não devem ser vistos como o cenário mais provável ou padrão.

 

FONTE Abra Group Limited