A Learning Beautiful, criada no MIT, e a disruptiva Green Ivy Schools se unem para ensinar computação a alunos do pré-escolarPR Newswire

NOVA YORK, 19 de agosto de 2019

NOVA YORK, 19 de agosto de 2019 /PRNewswire/ -- Tomando uma medida ousada em direção ao futuro, duas empresas visionárias, uma de tecnologia e outra do setor de educação, se uniram para introduzir alunos do pré-escolar de todo o mundo à ciência da computação por meio de materiais montessorianos especialmente criados para ensinar números binários, codificação, lógica, pixels, algoritmos e outros elementos da computação sem usar fios nem telas.

Kim Smith cofundou a Learning Beautiful quando era designer do MIT Media Lab, líder mundial em inovações tecnológicas. Ela e seus colegas projetaram ferramentas de aprendizagem para crianças pequenas que promovem as bases do STEM (sigla para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) utilizando princípios de design montessorianos. Feitas principalmente de madeira e materiais naturais, essas ferramentas são autocorretivas, permitindo que as crianças aprendam através de um processo de exploração de conhecimento por tentativa e erro.

As torres binárias ("Binary Towers"), por exemplo, trazem bolas de madeira lindamente trabalhadas e torres ocas, também de madeira e de alturas variadas. As crianças se empolgam com os ruídos das bolas encaixando-se nas torres. Uma torre completa equivale a 1, uma torre vazia equivale a 0 e, assim, uma criança de três anos aprende os números binários.

Smith se associou a Jeniffer Jones, empresária do setor de educação e fundadora da Green Ivy Schools, que administra atualmente duas escolas internacionais progressistas em Manhattan. A Green Ivy Schools oferecerá formação presencial e virtual em todo o mundo para os usuários da Learning Beautiful em inglês, espanhol e mandarim.

Smith e Jones acreditam que utilizar essa abordagem para introduzir a conscientização tecnológica promove um comportamento mais criativo e consciente, encorajando uma mentalidade voltada à engenharia em vez da mentalidade de consumidor passivo de tecnologia.

Sobre a Learning BeautifulA Learning Beautiful, fundada em 2017 por Kim Smith e Yonatan Cohen e que começou na Biblioteca Pública de Chicago, é atualmente utilizada em bibliotecas e salas de aula em todos os Estados Unidos e está fazendo parcerias em Singapura e na Tailândia. A empresa participou recentemente da LEGO Big Idea Conference e terá um pop up interativo no Bow Market, em Boston, em setembro próximo. Novos produtos deverão ser lançados em 2020.  www.learningbeautiful.com

Sobre a Green Ivy SchoolsA Green Ivy Schools foi fundada em 2012 por Jennifer Jones, experiente educadora no setor de desenvolvimento de escolas que tem 24 escolas no seu portfólio e uma série popular para os pais chamada "Parenting for the Future". Com sede na Cidade de Nova York, a empresa desenvolve programas educacionais especializados utilizando as melhores práticas do mundo; suas duas primeiras escolas são a Pine Street School (Bachalerado Internacional) e a Battery Park Montessori (Montessori). Jennifer Jones introduz a disrupção nos modelos escolares desde o pré-escolar até a 12ª série com projetos que representam o futuro da educação. www.greenivy.com

CONTATO:Sue BolenSue Bolen Publicity, LLC Subolenpublicity@gmail.com914-238-3162

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/961484/Jennifer_Jones_and_Kim_Smith.jpg

FONTE Green Ivy Schools