David Hertz, cofundador e presidente da Gastromotiva, recebe Prêmio Charles Bronfman de 2019PR Newswire

NOVA YORK, 5 de setembro de 2019

NOVA YORK, 5 de setembro de 2019 /PRNewswire/ -- O chef e empreendedor social brasileiro David Hertz, pioneiro em um modelo de uso de alimentos para melhorar a vida de pessoas de baixa renda, é o ganhador do Prêmio Charles Bronfman de 2019. Em 2006, Hertz foi um dos fundadores da Gastromotiva, uma organização sociogastronômica brasileira que combate o desemprego e a desigualdade social e usa o desperdício de alimentos para "criar oportunidades para quem vive à margem da sociedade".

O Prêmio Charles Bronfman é uma premiação anual de US$ 100 mil para um filantropo com menos de 50 anos cujo trabalho inovador e orientado por valores judaicos tenha melhorado significativamente o mundo. Foi criado por Ellen Bronfman Hauptman e Stephen Bronfman com seus respectivos cônjuges, Andrew Hauptman e Claudine Blondin Bronfman, para honrar seu pai em seu 70º aniversário.

"Temos o privilégio de honrar o David para ajudar a amplificar seu importante trabalho", disse Ellen Bronfman Hauptman. "Ele ocupa seu lugar entre os laureados excepcionais que resolveram problemas cruciais com soluções transformadoras."

A experiência de Hertz em uma cozinha kibutz quando tinha 18 anos iniciou uma jornada que o inspirou a desenvolver projetos para ajudar os jovens e os vulneráveis.

"É uma tremenda honra receber o Prémio Charles Bronfman", exclamou Hertz. "Eu me sinto responsável por representar os empreendedores sociais que promovem valores judaicos para além da nossa comunidade, aumentando o conhecimento sobre como os alimentos e a gastronomia social abordam as questões prementes de nosso planeta e transcendem geografia, classe, origem e religião."

O trabalho de Hertz responde a uma necessidade crucial. "Enquanto um terço dos alimentos é desperdiçado", observa, "temos um bilhão de pessoas vivendo com fome crônica e 200 milhões de trabalhadores desempregados em todo o mundo." A Gastromotiva oferece uma solução: "aulas vocacionais gratuitas de nutrição, de empreendedorismo e de treinamento em cozinha no Brasil, em El Salvador, na África do Sul e no México, e estamos nos expandindo".

Durante os Jogos Olímpicos de 2016, Hertz abriu o Refettorio Gastromotiva com o chef Massimo Botura e a jornalista Alexandra Forbes no bairro carioca da Lapa. Esta escola e restaurante de culinária sem desperdício de comida ensina alunos de baixa renda a preparar "refeições deliciosas e saudáveis com as sobras que iriam para o lixo" e as serve para populações vulneráveis, muitas vezes sem teto, "em um espaço acolhedor que encoraja o companheirismo".

A indicação de Hertz foi feita por Devry Boughner Vorwerk, companheiro da instituição Young Global Leaders e ex-vice-presidente da Cargill. "O David pegou algo que poderia continuar sendo um pequeno esforço comunitário e fez a conexão com um movimento global", escreveu.

"Estou muito contente por os juízes terem escolhido David Hertz", declarou Charles Bronfman. "As inovações dele na eliminação da fome e na promoção da dignidade têm um impacto global."

Contato: Martin Irom, martinirom@gmail.com 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/969462/Charles_Bronfman_Prize_David_Hertz.jpgLogo - https://mma.prnewswire.com/media/737642/The_Charles_Bronfman_Prize_Logo.jpg

FONTE The Charles Bronfman Prize