Mastercard lidera o esforço para elevar os limites para pagamentos por aproximação na América Latina e no Caribe

PR Newswire

SÃO PAULO, 27 de março de 2020

Essa iniciativa surge na esteira do COVID-19, enquanto as autoridades de saúde recomendam o isolamento social e um número crescente de comerciantes incentiva os consumidores a pagar com cartões por aproximação em vez de dinheiro para evitar o contato

SÃO PAULO, 27 de março de 2020 /PRNewswire/ -- A Mastercard anunciou hoje que está promovendo uma iniciativa para aumentar os limites de pagamento por aproximação na região da América Latina e Caribe (LAC), à medida em que as pessoas buscam formas mais seguras de pagar por conta da pandemia de COVID-19 (coronavírus). A iniciativa está alinhada com ações semelhantes em todo o mundo, já que as autoridades de saúde recomendam o isolamento social e um número crescente de comerciantes incentiva os consumidores a pagar com cartões por aproximação em vez de dinheiro para evitar o contato.

A Mastercard lidera a transição para o pagamento por aproximação há mais de 15 anos em todo o mundo. Na região da América Latina e Caribe, a empresa trabalhou com os setores de transporte público, varejo e serviços rápidos para expandir o uso da tecnologia por aproximação, em um esforço para aumentar a segurança, a conveniência e a velocidade nessa experiência para os portadores de cartões. Esses esforços resultaram em um crescimento exponencial do uso e aceitação dessa forma de pagamento em toda a região. Hoje, 75% dos terminais de ponto de venda estão prontos para aceitar a tecnologia NFC na LAC. Somente em 2019 essa modalidade cresceu cinco vezes em relação ao ano anterior.

A Mastercard trabalha agora com parceiros do setor para permitir um aumento para 50 dólares nos limites para esse tipo de pagamento. Isso permitiria que os portadores de cartões utilizassem a tecnologia em compras de valor mais alto ao invés de serem limitados a um valor predefinido baixo. Depois que o limite for aumentado eles poderão comprar mais daquilo que precisam com a segurança, a velocidade e uma experiência sem toque.

"A Mastercard lidera a expansão dos pagamentos por aproximação na LAC há vários anos. A iniciativa de elevar esses limites ocorre no momento em que o usuário mais precisa para se manter seguro e seguir as regras de isolamento social", disse Walter Pimenta, vice-presidente sênior de produtos e inovação da Mastercard na América Latina e Caribe. "O anúncio de hoje reforça nossa abordagem focada no consumidor - oferecendo a ele a liberdade de escolher a forma como paga, com tranquilidade. Estamos trabalhando rapidamente com nossos parceiros do setor para orientá-los e apoiá-los nesse esforço".

Os usuários devem procurar o símbolo da tecnologia NFC na parte frontal ou traseira de seus cartões de crédito ou débito para determinar se os cartões estão habilitados. Há também a possibilidade de acrescentá-los às carteiras digitais em smartphones.

O esforço da Mastercard para aumentar os limites de autorização (CVM) é um dos muitos que a empresa lidera para fazer sua parte, seja por seus funcionários, clientes ou portadores de cartões. Mais recentemente, a empresa anunciou uma parceria com a Fundação Bill e Melinda Gates e a Wellcome Trust para acelerar o desenvolvimento e o acesso ao tratamento para o COVID-19. Juntas, as empresas alocaram até US$ 125 milhões em financiamento para agilizar a identificação, avaliação, desenvolvimento e a escala dos tratamentos. Além disso, os funcionários da Mastercard em todo o mundo se engajaram no programa de doações para ajudar comunidades em todo o mundo.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1138627/Contactless_picture.jpg

FONTE Mastercard