EFELos Angeles (EUA)

A Academia da Televisão anunciou nesta terça-feira que o humorista Jimmy Kimmel será o apresentador do Emmy, embora a cerimônia de premiação de 2020, prevista para o dia 20 de setembro, ainda esteja incerta devido à pandemia de Covid-19.

"Não sei onde, como e nem por que faremos isto, mas vamos. E vou apresentar", brincou Kimmel ao fazer o anúncio nas redes sociais.

"Sabemos que Kimmel nos presentará com uma apresentação excepcionalmente divertida e comovente", comentou Karey Burke, apresentadora da "ABC Entertainment", emissora que transmite o Emmy nos Estados Unidos.

De acordo com a apresentadora, Kimmel "é um verdadeiro mestre de cerimônias que venera esta indústria e as pessoas".

"Assim como Jimmy fez em seu próprio programa ('Jimmy Kimmel Live!') nos últimos meses, ele abordará este importante evento com coração e humor, e trará uma alegria e um otimismo mais que necessários aos nossos colegas da televisão e aos espectadores em casa", acrescentou.

Kimmel tem bastante experiência como meste de cerimônias de premiações. O comediante foi o apresentador do Emmy em 2012 e 2016, e também comandou o Oscar em 2017 e 2018.

Um dia após o Oscar ser adiado em dois meses, para 25 de abril de 2021, o Emmy ainda não anunciou como será realizado.

"Detalhes adicionais a respeito da produção do show serão anunciadas em breve", informou nesta terça-feira a Academia da Televisão. EFE

dvp/vnm