EFEPlaya del Carmen (México)

O ator mexicano Tenoch Huerta emocionou a indicada ao Prêmio Platino de melhor interpretação feminina Yalitza Aparicio ao presentear-lhe com uma dália como mostra de "admiração", durante a cerimônia de entrega realizada neste domingo na Riviera Maya, no México.

"Te entrego esta dália como mostra de admiração, respeito e carinho que sinto por ti (...) pelo seu trabalho como mulher, como pessoa que representa o melhor do mundo no qual estamos", disse Huerta a Aparicio, com quem apresentou os indicados a melhor interpretação feminina e masculina.

A protagonista da produção que ganhou o prêmio de melhor filme, "Roma", do mexicano Alfonso Cuarón, respondeu com olhos chorosos, e Huerta afirmou que "isto demonstra que é possível para uma mulher trabalhar com um companheiro lado a lado".

Em seguida, ambos os atores pediram que as pessoas presentes dessem as mãos e as levatassem como símbolo de companheirismo entre os homens e as mulheres envolvidas no mundo do cinema.

Foi o momento mais emocionante da cerimônia, no qual todo o público levantou a mão a favor da igualdade.

A cerimônia da sexta edição do Platino aconteceu no Teatro Gran Tlachco, no Parque Eco-arqueológico Xcaret, em Playa del Carmen, mesmo local do ano passado. Esta é a primeira vez que a organização repete o local escolhido.

O Prêmio Platino é organizado pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais da Espanha (Egeda) e pela Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Fipca), com o intuito de promover o cinema ibero-americano. EFE

ia-er/ma

(foto) (vídeo)