EFELondres

O primeiro-ministro do Reino Unido, o conservador Boris Johnson, votou nesta quinta-feira, por volta das 9h15 (horário local, 5h15 de Brasília), no distrito de Westminster (centro de Londres), nas primeiras eleições gerais antecipadas que são realizadas no Reino Unido.

O premier compareceu ao colégio eleitoral, no Centro Metodista daquele bairro, acompanhado por seu cachorro, Dilyn.

O líder conservador deixou o local cerca de três minutos após votar e posou para os fotógrafos.

Johnson convocou essas eleições antecipadas com a esperança de obter uma maioria absoluta no Parlamento que lhe permitisse realizar seus planos do Brexit - tema dominante na agenda política nacional nos últimos três anos - de acordo com o calendário estabelecido para 31 de janeiro.

Tanto Johnson quanto o líder trabalhista Jeremy Corbyn tentaram convencer ontem os eleitores indecisos, após a última pesquisa divulgada pela empresa YouGov, onde apontava um cenário hipotético sem maioria absoluta, reduzindo a clara vantagem que o atual premier possuía até então.

Segundo essa pesquisa, seria possível que o resultado das eleições finalmente jogasse outro Parlamento fragmentado - atribuindo 43% do apoio aos Conservadores, seguido pelo Trabalho com 34% - algo que iria paralisar o país", alertou Johnson ontem.

De acordo com a proposta de governo do Partido Conservador, além de finalizar o Brexit - principal objetivo dos conservadores -, promete reduzir as taxas para os negócios e contribuições para a previdência social das empresas, embora para garantir a renda, adiaram a redução planejada de 19% para 17% do imposto sobre as empresas.