EFEBerlim

A câmara alta do parlamento da Alemanha (Bundesrat) deu sinal verde nesta sexta-feira ao uso de patinete elétrico para os maiores de 14 anos e a uma velocidade máxima de 20 quilômetros por hora.

Os usuários destes veículos deverão circular pelas ciclovias e, caso não existam, poderão fazer pela rua, mas nunca pela calçada.

Após a aprovação na Bundesrat, a legislação deverá ser formulada como lei ou resolução por parte do governo federal.

A regulamentação aprovada pela câmara alta tenta resolver o vazio legal até agora existente para a circulação destes veículos, cujo uso se espalhou rapidamente, sobretudo nos grandes centros urbanos.

Inicialmente tinha sido previsto que os patinetes elétricos capazes de atingir uma velocidade máxima de 12 quilômetros por hora poderiam circular pelas calçadas e que o mínimo de idade para estes aparelhos seria de 12 anos.

Estes planos renderam críticas de especialistas em segurança viária e da polícia, que o consideravam perigoso tanto para os usuários como para os pedestres.

O governo considera que os patinetes elétricos estão destinados a ganhar adeptos sobretudo para trajetos curtos, de casa ou trabalho para o ponto de ônibus ou metrô.

Em algumas cidades começaram a funcionar, embora de forma experimental, pontos de aluguel por horas ou minutos destes veículos, mas a falta de regulamentação clara complicava sua implantação.

Espera-se que a legislação, devidamente aprovada pelo Governo, entre em vigor nos próximos meses.