EFESão Paulo

O técnico Tite, reconheceu que a seleção brasileira, que derrotou a Bolívia na noite de sexta-feira, em São Paulo, pela estreia da Copa América, errou muitos "muitos passes" no primeiro tempo, mas mesmo assim pediu que a torcida tenha mais paciência com os jogadores no decorrer da competição.

"Tivemos 20 minutos muito bons no primeiro tempo, não marcamos e depois começamos a errar muitos passes", assumiu Tite, na entrevista coletiva após a estreia pelo grupo A, no estádio do Morumbi.

O treinador também opinou sobre os vaias do público paulista e sugeriu que deveriam ter paciência.

"Quando você não está produzindo, você não espera uma maior compreensão dos torcedores, vai ter vaias. Eu vivi isso nos grandes clubes por onde passei, especialmente quando acontece essa troca de passes para o lado", afirmou Tite, reconhecendo que essas vaias afetam a equipe emocionalmente.

"Mas às vezes essa troca de passes é necessária para construir, temos que entender isso", explicou.

Tite indicou que a estreia serviu para aproveitar o que foi bom na equipe e corrigir os erros para evoluir nos próximos jogos, contra Venezuela e Peru, respectivamente, desafios que o Brasil terá que superar para avançar às quartas de final da Copa América.