EFEBarcelona (Espanha)

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira a ida do volante Arthur para a Juventus, em troca de 72 milhões de euros (R$ 441 milhões) imediatos, além de outros 10 milhões de euros (R$ 61,2 milhões) de acordo com metas definidas em contrato.

De acordo com as informções divulgadas pelo clube catalão, em nota oficial, o ex-Grêmio seguirá atuando até o fim das competições em andamento, no caso, o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões, que será concluída em agosto, em Portugal.

Arthur, de 23 anos, desembarcou no Barcelona em meados de 2018, contratado junto ao Tricolor Gaúcho por 31 milhões de euros (na época, R$ 140 milhões), além de montante variável, de acordo com objetivos estipulados entre os dois clubes.

Desde então, fez 71 jogos com a camisa 'blaugrana' e anotou quatro jogos. Na passagem, ainda conquistou um título do Campeonato Espanhol, além de uma Supercopa da Espanha.

A venda, segundo a imprensa especializada, é uma operação para amenizar a situação econômica do Barcelona, que apresenta prejuízos decorrentes da pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Como não conseguiria cumprir os valores indicados no orçamento para este ano, a diretoria optou por negociar Arthur, que não desejava a transferência.

Nos próximos dias, a expectativa é que o Barça anuncie a contratação do meia bósnio Miralem Pjanic, justamente da Juventus, negócio que constará apenas no próximo exercício fiscal do clube espanhol.