EFEWashington

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou em pronunciamento feito nesta sexta-feira que hoje é "um dia triste" para a Suprema Corte do país, que anulou a proteção ao direito ao aborto. EFE