EFERedação Central

A seleção brasileira feminina de vôlei caiu no grupo D do Campeonato Mundial de vôlei, que será disputado no próximo ano, no Japão, em sorteio realizado nesta quinta-feira, em Tóquio.

As comandadas por José Roberto Guimarães terão pela frente na chave a Sérvia, medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, além de República Dominicana, quinta colocada na última edição do torneio, em 2014, Porto Rico, Cazaquistão e Quênia.

A estreia na competição será contra as porto-riquenhas, em 29 de setembro. Na sequência, a seleção pegará, na ordem, dominicanas, sérvias, quenianas e cazaques, no fechamento da fase de grupos, em 4 de outubro.

Na etapa inicial da competição, as quatro primeiras colocadas de cada uma das quatro chaves avançarão à fase seguinte, que será composta por dois grupos de oito seleções. Neste ponto do torneio, líder e vice-líder seguem para às semifinais. A partir daí, a competição será em sistema mata-mata.

Atual campeã mundial e bronze no Rio 2016, a seleção dos Estados Unidos está no grupo C, que também conta com Rússia, Coreia do Sul, Tailândia, Azerbaijão e Trinidad e Tobago.

A China, que arrebatou o ouro na última edição dos Jogos Olímpicos e foi vice no Mundial de 2014, disputado na Itália, está no grupo B, com Itália, Turquia, Bulgária, Canadá e Cuba.

O grupo A tem o anfitrião Japão, ao lado de Holanda, Argentina, Alemanha, Camarões e México.

A competição será disputada entre 29 de setembro e 30 de outubro do próximo ano, e terá como sedes as cidades de Yokohama, Hamamatsu, Kobe, Nagoya, Osaka e Sapporo.