EFECidade do Panamá

Os representantes de Brasil e Cuba dominaram neste sábado o tatame da Copa Pan-Americana de Judô, que acontece na capital do Panamá, com a participação de 156 judocas de 26 países da América.

Brasileiros e cubanos, dos sete finalistas do primeiro dia de competição, somaram três medalhas de ouro cada um, enquanto a República Dominicana levou um ouro.

Pelo Brasil na categoria -60 kg Renan Torres derrotou por ippon o colombiano Johan Rojas.

Na categoria -63 kg Alexia Castilhos venceu por ippon a venezuelana Arisquelis Bairros.

Nos -73 kg Jefferson Santos Jr. venceu por ippon o também brasileiro David Lima.

Os cubanos dominaram a final dos -48 kg com a judoca Vanesa Godines, que derrotou no combate pelo ouro a brasileira Nathalia Brigida.

Cuba também venceu na categoria de -52 kg feminina com a judoca Nahomis Acosta, que derrotou a mexicana Luz Overa.

Na categoria -57 kg a cubana Anailys Darvigny venceu a representante dominicana Ana Rosa.

A Confederação Pan-Americana de Judô informará os nomes dos últimos classificados do judô para os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, que acontecem entre 26 de julho a 11 de agosto.