EFEPlaya del Carmen (México)

A atriz mexicana Cecilia Suárez ganhou o Prêmio Platino de melhor interpretação feminina de minissérie ou série de televisão por "A Casa das Flores", em cerimônia realizada neste domingo na Riviera Maya, no México.

"Agradeço especialmente ao meu amigo adorado de alma Manolo Caro", disse Suárez, que também foi a encarregada de apresentar a cerimônia junto com o ator e diretor espanhol Santiago Segura.

A atriz mexicana concorria com as espanholas Inma Cuesta ("Arde Madrid"), Anna Castillo ("Arde Madrid") e Najwa Nimri ("Vis a Vis").

Cecília (Tampico, 1971) ganhou grande destaque internacional pela sua interpretação do personagem de Paulina de la Mora em "A Casa das Flores", série humorística dirigida por Manolo Caro que aborda as aparências e contradições de uma família rica mexicana.

Seu personagem, se caracteriza por uma fala lenta, dividindo as palavras em sílabas, devido à sua dependência a Tafil, um fármaco que diminui a excitação do cérebro.

É um toque de sensatez e abertura em uma família burguesa onde todos escondem algo e a hipocrisia é abundante.

Cecilia é a primeira intérprete de fala hispana indicada a um Emmy internacional na categoria de melhor atriz, pelo seu papel na série da HBO "Capadócia".

Participou de longas-metragens como "Párpados Azules", "Un Mundo Maravilloso", "Hidalgo: A História Jamais Contada", entre outros.

Além disso, não é a primeira vez que é dirigida por Caro, já que também trabalharam juntos em "Perfeitos Desconhecidos".

A cerimônia da sexta edição do Platino aconteceu no Teatro Gran Tlachco, no Parque Eco-arqueológico Xcaret, em Playa del Carmen, mesmo local do ano passado. Esta é a primeira vez que a organização repete o local escolhido.

O Prêmio Platino é organizado pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais da Espanha (Egeda) e pela Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Fipca), com o intuito de promover o cinema ibero-americano. EFE

ia-er/ma

(foto) (vídeo)