EFESalvador

Classificada com antecipação para as quartas de final da Copa América, a Colômbia mandou a campo um time misto que, com gol do estreante Gustavo Cuéllar, manteve os 100% de aproveitamento da equipe ao vencer o Paraguai por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, em Salvador, complicando a situação da 'Albirroja' no torneio.

O volante do Flamengo, que não havia sido utilizado pelo técnico Carlos Queiroz nas duas primeiras rodadas, contra Argentina e Catar, foi titular na Bahia e marcou o gol da partida aos 30 minutos do primeiro tempo, quando recebeu de Arias na área e bateu cruzado. A bola passou entre as pernas do goleiro Gatito Fernández, do Botafogo, e entrou.

Superiores ao longo de toda a partida, os 'Cafeteros' voltaram a balançar as redes aos 23 da etapa final, mas o lance foi anulado pelo VAR. Na jogada, James Rodríguez - que entrou bem no segundo tempo - fez bela assistência de trivela para Luis Díaz, que dominou com o braço antes de finalizar.

Já nos acréscimos do segundo tempo, o zagueiro Gustavo Gómez, do Palmeiras, chegou de carrinho para desarmar Díaz na área, o colombiano se desequilibrou e acabou fazendo contato. O árbitro marcou pênalti, mas, após conversar com a equipe do VAR, voltou atrás.

Em seguida, o Paraguai teve uma última chance de empatar em cobrança de falta rente à linha de fundo. Óscar Romero levantou para a área, mas Gómez desviou de cabeça para fora.

Também neste domingo, a Argentina venceu o Catar por 2 a 0 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, encerrando assim a terceira e última rodada do grupo B do torneio.

Com nove pontos, a líder Colômbia enfrentará nas quartas de final o segundo colocado do grupo C, podendo ser Chile, Uruguai ou Japão, dependendo dos resultados de segunda-feira. Já a Argentina avançou na vice-liderança, com quatro pontos, e terá como rival a Venezuela, que passou na segunda posição do A. O duelo está marcado para a próxima sexta-feira, no Maracanã

Enquanto o Catar já está eliminado, com apenas um ponto no grupo B, o Paraguai ainda torce para se classificar entre os dois melhores terceiros colocados. A 'Albirroja' somou dois pontos, menos que o Peru (terceiro do grupo A, com quatro), então precisa torcer por um empate entre Japão (um ponto conquistado e menor saldo de gols) e Equador (ainda sem pontuar) na última rodada do grupo C.

Ficha técnica:.

Colômbia: Montero; Arias, Cristian Zapata, Lucumí e Borja; Cuéllar, Lerma e Cardona (Barrios); Cuadrado (James Rodríguez), Díaz e Falcao García (Duván Zapata). Técnico Carlos Queiróz.

Paraguai: Gatito Fernández; Piris, Gustavo Gómez, Alonso e Arzamendia; Richard Sánchez, Rodrigo Rojas (Iturbe), Derlis González (Óscar Romero), Almirón e Matías Rojas (Cecilio Domínguez); Cardozo. Técnico: Eduardo Berizzo.

Árbitro: Victor Carrillo (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Victor Raez.

Cartões amarelos: Lucumí e Borja (Colômbia); Arzamendia (Paraguai).

Gol: Cuéllar (Colômbia).

Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador.