EFELos Angeles (EUA)

A atriz Naya Rivera, que desapareceu ontem depois de cair na água em um lago ao norte de Los Angeles, foi dada como morta, e as equipes de busca alteraram nesta quinta-feira o status da operação de resgate para recuperação do corpo, segundo informações divulgadas pelas autoridades em entrevista coletiva.

A polícia do condado de Ventura, ao norte da cidade californiana, está procurando a artista de origem porto-riquenha, um dos rostos mais conhecidos da série de televisão "Glee", desde a tarde desta quarta, depois de ter encontrado o filho de Naya, de 4 anos, sozinho e dormindo no barco com um colete salva-vidas. A embarcação havia sido alugada pela estrela para um passeio no Lago Piru.

"Estamos trabalhando na hipótese de que ele caiu na água e não conseguimos localizá-la. Pode ser um caso de afogamento", declarou o capitão do escritório do Xerife do condado de Ventura, Eric Buschow.

De acordo com a unidade, mais de 80 profissionais estão trabalhando na busca por Naya, a quem se juntaram equipes especiais de Los Angeles e outros condados do sul da Califórnia.

Na quarta-feira à tarde, a equipe usou helicópteros, drones e equipamento de mergulho, mas mesmo assim não encontrou a atriz, que passeava por uma reserva de 500 hectares. A operação foi interrompida à noite para continuar ao amanhecer desta quinta.

Na terça, Naya postou uma foto com o filho no Twitter com a mensagem "só nós dois". As autoridades esclareceram que o menor estava ileso. Um segundo colete salva-vidas adulto não usado foi encontrado no barco alugado, de acordo com os primeiros relatórios.

A atriz é mais conhecida por seu papel como Santana López na popular musical Glee" (2009-2015), e também participou do programa de TV "Devious Maids" e do filme de terror "Na Porta do Diabo" (2014).