EFESan Francisco

Mais da metade dos americanos com mais de 12 anos estão completamente vacinados contra a covid-19, enquanto o número de contágios continua em queda no país, informaram nesta quarta-feira os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).

Até agora, 50,1% (140,4 milhões) dos adolescentes e adultos estão imunizados contra o novo coronavírus, e 61,2% (171,6 milhões) já receberam ao menos uma dose das vacinas disponíveis nos EUA.

A autorização concedida pela Food and Drug Administration (FDA), agência americana similar à Anvisa, ao uso emergencial da vacina da Pfizer em maiores de 12 anos completará um mês nesta quinta-feira.

Desde então, o país tem vacinado adolescentes com idades entre 12 e 15 anos. Antes, a vacina só estava disponível para maiores de 16 anos.

"A ampliação da autorização do uso emergencial da vacina contra a covid-19 de Pfizer/BioNTech é um passo significativo na luta contra a pandemia", disse a comissária da FDA, Janet Woodcock, comunicado à época.

Woodcock disse também que "os pais e responsáveis podem ter a certeza de que a agência efetuou uma revisão rigorosa e completa de todos os dados disponíveis" antes de tomar a decisão de licenciar a vacina para adolescentes.

A média de casos de covid-19 nos EUA ao longo dos últimos sete dias se situou em 93.737, uma das mais baixas desde o início da pandemia.