EFEParis

Fracassou na madrugada desta quinta-feira o lançamento, a partir da base de Kuru, na Guiana Francesa, de um foguete Vega, da empresa europeia Arianespace, com um satélite dos Emirados Árabes Unidos (EAU) destinado a funções militares e comerciais.

A Arianespace, uma subsidiária da Airbus e da Safran, disse em um comunicado que cerca de dois minutos após a decolagem, uma anomalia apareceu no foguete que levou ao "final prematuro da missão".

A empresa espacial disse que não sabia as razões desse incidente e apenas indicou que está realizando uma análise de dados para determiná-lo.

Além disso, anunciou a criação de uma comissão independente de inquérito.

Este é o primeiro fracasso do Vega - o foguete para cargas leves da Arianespace - após 14 lançamentos bem-sucedidos desde que começou a operar a partir da base de Kuru, em 2012.

A missão foi adiada duas vezes nos últimos dias devido a ventos de alta altitude desfavoráveis.

O satélite FalconEye1, que deveria ser colocado em órbita, foi fabricado pela Airbus Defence and Space e pela Thales Alenia Space para as Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos.

Foi o primeiro de um sistema de dois satélites idênticos (o segundo, FalconEye2, deveria ser lançado ainda este ano) equipado com instrumentos de observação da Terra com capacidades ópticas de alta resolução que foi completado com um dispositivo terrestre para vigilância, a recepção e tratamento de imagens. EFE

ac/phg