EFESão Paulo

O goleiro titular da seleção boliviana, Carlos Lampe, afirmou na quinta-feira que o Brasil, adversário de hoje na abertura da Copa América, tem condições de "armar três equipes de primeira linha", então a ausência de Neymar, embora importante, não é tão decisiva.

"É uma ausência importante. O Brasil chega ao ataque muito rápido. Sem o Neymar, toca mais a bola, se movimenta mais, e assim não sabemos quem vai enfrentar você", declarou o goleiro de 32 anos.

Para Lampe, o Brasil sem o atacante do Paris Saint-Germain "muda ofensivamente, como defensivamente", mas que os anfitriões têm um "excelente substituto", "sai Neymar e entra Willian, um jogador 'top'. Eles podem armar tranquilamente três equipes de primeira linha".

O goleiro também se referiu ao jovem atacante David Neres, que desponta para ocupar a vaga de Neymar no time titular.

"O Neres é muito rápido, muito habilidoso, é jovem e já marcou um gol. Mas nós devemos estar muito focados, porque sabemos o que vamos enfrentar e eles podem nos dar espaços", disse.

A seleção boliviana fez na quinta-feira o treino de reconhecimento de campo no Morumbi, em São Paulo, palco da estreia na Copa América. A partida entre Brasil e Bolívia começará às 21h30 (de Brasília).