EFEZagreb

O meia do Sevilla Ivan Rakitic anunciou nesta segunda-feira sua aposentadoria da seleção croata, após vestir a camisa da equipe vice-campeã da Copa do Mundo de 2018 em 106 oportunidades.

"Dizer adeus à seleção croata é a decisão mais difícil da minha carreira, mas senti que era o momento em que deveria tomar essa decisão", disse o jogador, em comunicado da Federação Croata de Futebol (HNS, na sigla em croata).

O antigo segundo capitão da seleção nacional foi um dos principais jogadores do Mundial da Rússia, quando marcou os pênaltis decisivos nas vitórias contra os anfitriões e Dinamarca.

"Gostei de cada jogo que fiz pelo meu país e dos momentos inesquecíveis da Copa do Mundo, que ficarão entre minhas lembranças favoritas", acrescentou Rakitic, que marcou um total de 15 gols pela seleção croata.

"Estou convencido de que ainda temos uma grande equipe com um futuro brilhante pela frente. Desejo aos meus amigos e companheiros de equipe toda a sorte nos próximos desafios, e eles terão em mim seu torcedor mais fiel", completou o meia em sua despedida.

Rakitic falou sobre sua decisão com o treinador Zlatko Dalic, o presidente da Federação, Davor Suker, e com o capitão, Luka Modric, e nos próximos dias explicará sua decisão de forma mais completa aos torcedores croatas.