EFETóquio

O Japão excedeu pela primeira vez o número de mais de 70 mil pessoas com mais de 100 anos de idade, de acordo com cálculos oficiais divulgados nesta sexta-feira pelo governo local.

Os dados revelados em uma pesquisa do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem Estar Social colocaram em 71.238 o número de pessoas com 100 anos ou mais. Destes, 88% são mulheres.

No ano passado, a pesquisa indicou que os japoneses centenários eram 69.785. Esse número é cinco vezes os 12.256 centenários registrados no censo de 2000, um aumento que confirma o envelhecimento progressivo da população do Japão, um país com 127 milhões de habitantes.

A pessoa mais velha do Japão é Kane Tanaka, de 116 anos, que está no Livro dos Recordes.

Os dados foram fornecidos às vésperas do Dia de Respeito aos Anciãos, feriado nacional no Japão, comemorado na próxima segunda-feira.