EFEBarcelona (Espanha)

O Tribunal de Justiça de Barcelona decidiu substituir a pena de 21 meses de prisão imposta ao jogador argentino Lionel Messi, por três crimes contra a Fazenda Pública espanhola, por uma multa de 252 mil euros (R$ 945,53 mil).

Em um auto de execução de sentença, o Tribunal, de acordo com o critério da Procuradoria, substitui as três penas de sete meses de prisão impostas ao astro argentino por uma multa no valor de 400 euros para cada dia de condenação, que somam os 252 mil euros.

O mesmo benefício foi adotado para o pai do jogador, Jorge Horacio Messi, que foi condenado a 15 meses de prisão e agora pagará uma multa de 180 mil euros (R$ 675,38 mil).

A decisão foi justificada com o argumento de que o jogador e o pai não têm antecedentes penais e se esforçaram para reparar o que fizeram.

O Supremo confirmou em maio a condenação ao astro argentino a 21 meses de prisão por três delitos fiscais e reduziu a pena de Jorge Horacio para 15 meses de reclusão.