EFELisboa

Após o empate entre Benfica e Tondela em 0 a 0 nesta quinta-feira, no Estádio da Luz, pela 25ª rodada do Campeonato Português, o ônibus da equipe de Lisboa foi apedrejado na capital, e dois jogadores ficaram feridos, os meio-campistas Andrija Zivkovic e Julian Weigl.

Segundo comunicado divulgado pela diretoria dos 'Encarnados', os eventos ocorreram na autoestrada A-2, quando o ônibus estava voltando com o todo o elenco para o Centro de Treinamento do Seixal. Por precaução os dois atletas, que foram atingidos por estilhaços de vidro, foram encaminhados para o Hospital da Luz.

Entretanto, o clube deixou claro que os ferimentos não foram graves e adiantou que prestará total colaboração com as autoridades para identificar os responsáveis pelo que aconteceu.

A Liga Portuguesa, responsável pelo campeonato nacional, emitiu um comunicado condenando o que aconteceu e expressando a sua solidariedade com o Benfica. "É absolutamente inaceitável que estes acontecimentos continuem tendo espaço na sociedade. Eles não são torcedores de futebol, são criminosos", disse a organização, que afirma que os responsáveis serão identificados pelas forças policiais. EFE

cgg/dr