EFEBarcelona (Espanha)

O meia brasileiro Philippe Coutinho já atuará como jogador comunitário na estreia do Barcelona na temporada, em duelo com o Sevilla, daqui dois dias, pela Supercopa da Espanha, segundo confirmaram nesta sexta-feita à Agência Efe fontes do clube catalão.

O jogador conseguiu obter passaporte português, já que a mulher, Aline, tem cidadania do país europeu. Com isso, não ocupará mais uma das três vagas para extracomunitários que cada equipe espanhola tem disponível para utilizar em partidas oficiais.

Com isso, o técnico Ernesto Valverde terá a disposição o volante Artur, o meia-atacante Malcom, e o meia chileno Arturo Vidal, todos contratados nesta temporada, que não tem qualquer passaporte de país da Comunidade Europeia ou que tenha acordo com o bloco.

Além disso, o Barcelona também tem o zagueiro Marlon, ex-Fluminense, como extracomunitário. O jogador passou a última temporada cedido ao Nice, da França.

O clube também contava com o zagueiro colombiano Yerry Mina, que passou recentemente pelo Palmeiras. O defensor, no entanto, foi negociado ontem com o Everton, da Inglaterra.