EFEAmsterdã

O Museu Van Gogh em Amsterdã voltará a exibir dois quadros do pintor holandês roubados há 14 anos e recuperados em 2016 das mãos da máfia italiana, após a conclusão dos trabalhos de restauração, informou nesta terça-feira a pinacoteca.

As duas telas, "Vista do mar em Scheveningen" (1882) e "Congregação deixando a igreja reformada em Nuenen" (1884-1885) serão exibidos a partir de amanhã de forma permanente "depois de um tratamento de conservação" necessário após o estado no qual os quadros ficaram devido ao roubo, anunciou o Museu Van Gogh em comunicado.