EFESão Paulo

Um dos líderes do elenco atual da seleção brasileira, o volante Casemiro reconheceu que a equipe pentacampeã mundial terá que lidar com o favoritismo do título da Copa América, mas considera que o elenco é forte apesar da ausência do atacante Neymar.

"Independentemente da competição, quando entra em campo, o Brasil é favorito sempre e está obrigado a jogar bem e vencer. Mas nós estamos prontos, não tenha dúvida. O trabalho foi bem feito, fizemos os ajustes necessários nos amistosos, e acho que fizemos nossos melhores jogos desde a Copa", opinou o volante em entrevista coletiva.

O Brasil fará a partida de abertura da Copa América nesta sexta-feira, contra a Bolívia, no Morumbi. O técnico Tite perdeu Neymar há uma semana devido a uma entorse no tornozelo direito, sofrida em amistoso contra o Catar, em Brasília. "Mesmo sem o Neymar, nossa principal estrela, continuamos fortes", destacou o jogador do Real Madrid, que revelou certa ansiedade pela estreia.

"Sem dúvida para nós é um sonho jogar uma competição tão importante como a Copa América aqui no Brasil. Temos que transmitir isso dentro do campo. Estamos preparados e com as melhores expectativas. Fizemos um bom trabalho, e a ajuda do torcedor será muito importante", afirmou.

Também em entrevista coletiva, Tite confirmou que o meia Arthur não será titular contra os bolivianos. As opções, apontadas pelo próprio treinador, são Fernandinho e Allan. "Allan tem uma chegada incrível. Fernandinho se destaca mais pelo poder de marcação e o seu passe excepcional", comparou Casemiro.