EFEBruxelas

O comissário europeu de Agricultura, Phil Hogan, assegurou nesta segunda-feira que "não haverá produtos chegando à União Europeia que não cumpram os padrões europeus", em referência às importações permitidas pelo acordo entre a UE e o Mercosul.

Hogan disse confiar que a reunião de ministros de Agricultura comunitários realizada hoje em Bruxelas seja a "oportunidade para apresentar o que há no acordo" com o Mercosul, uma vez que "há muita desinformação e dados incorretos a respeito do conteúdo".

O comissário lembrou que o acordo foi resultado de uma "negociação muito difícil", sobretudo "no que se refere à agricultura", e que a Comissão Europeia, a pedido do Conselho e do Parlamento Europeu, já está preparando "uma explicação a respeito das exigências em carne bovina, aves, etanol e açúcar".

"No contexto de uma longa negociação, onde houve avanços significativos para a indústria, também reduzimos o nosso nível de concessões na agricultura", detalhou Hogan, em referência um dos setores que mais se mostrou contrário ao acordo.