EFEAstana

O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, colocou em andamento nesta terça-feira vários grandes projetos em diferentes setores econômicos durante uma teleconferência transmitida ao vivo por ocasião do Dia da Industrialização.

O chefe de Estado deu a ordem para a entrada em serviço da central elétrica solar Burnoe, um projeto cazaque-britânico de 100 megawatts de potência, que é a maior usina deste tipo em todo o espaço pós-soviético.

Também no âmbito das energias alternativas, foi implementada a primeira etapa do parque eólico de Tupkaragan, de 43,6 megawatts, no sudoeste do país.

"No Cazaquistão temos muito território, sol e vento. Necessitamos deste tipo de empresa. Por enquanto, só 1% da nossa energia é proporcionada por fontes renováveis e até 2020 dificilmente chegaremos a 3%", disse Nazarbayev.

O presidente cazaque acrescentou que na Europa este indicador chega a 30% e que este é "um bom exemplo que é preciso emular".

Durante a teleconferência, intitulada "Segundo quinquênio de industrialização. Feito no Cazaquistão ", Nazarbayev inaugurou um total de 27 novas empresas, entre elas a Green Recycle, de tratamento de resíduos.

Esta usina, situada em Almaty, antiga capital e maior cidade do país, processará 550.000 toneladas de resíduos ao ano.

Desde o começo, em 2010, do seu programa de industrialização, o Cazaquistão inaugurou 1.498 novas empresas, que criaram um total de 107.000 postos de trabalho estável.