EFENova York

Principal referência no comércio de brinquedos infantis nos Estados Unidos, a Toys'R'Us, que decretou falência e chegou a fechar 700 lojas só no país, voltou a operar no território americano e em outras partes do mundo sob uma nova matriz, batizada como Tru Kids.

Criada em janeiro, a Tru Kids disse em comunicado que a sede da nova empresa ficará em Nova Jersey e que abrirá lojas nos Estados Unidos, na Ásia e na Europa. Parte da equipe da companhia é formada por ex-Toys'R'Us, como agora diretor-executivo Richard Barry.

Barry, ex-chefe comercial global da Toys'R'Us, afirmou na nota que, apesar dos esforços sem precedentes para ocupar o espaço deixado pela Toys'R'Us no mercado, há uma "enorme demanda" pela confiança que os consumidores tinham na antiga empresa.

"Temos uma oportunidade única de escrever o próximo capítulo da Toys'R'Us, lançando uma experiência no varejo e repensada para nossas queridas marcas aqui nos Estados Unidos", disse Barry, citando outras marcas gerenciadas pela Tru Kids.

A Tru Kids segue os passos da Green Swan, empresa de investimentos que comprou a Toys'R'Us Iberia e opera as lojas de brinquedo da antiga marca na Espanha e em Portugal.

Na nota, o executivo-chefe da Tru Kids afirmou que a empresa espera abrir 70 lojas neste ano na Ásia, na Índia e na Europa, desenvolvendo também novas plataformas de comércio eletrônico em outros mercados considerados como essenciais para a companhia.

Barry destacou que a Tru Kids focará em recuperar a Toys'R'Us e a Babies'R'Us, de uma forma "completamente nova e repensada" para que os consumidores americanos não passem mais um Natal sem as lojas.

A Toys'R'Us foi fundada há 70 anos e faturou no ano passado US$ 3 bilhões em suas 900 lojas distribuídas em 30 países.

A Tru Kids anunciou que em breve dará mais detalhes sobre sua estratégia de negócios nos Estados Unidos.