EFEManaus

Um cartaz que celebra a figura do professor no município isolado de Autazes é uma mostra da relevância que a formação tem na localidade amazônica que abriga uma das escolas pioneiras de um projeto que usa tecnologia para levar educação ao Brasil mais remoto.

Para ir de Manaus a Autazes é preciso cruzar dois rios, incluindo o Amazonas, e percorrer 100 km de caminho de terra, embora, como disse o ministro de Educação, Rossieli Soares, em uma vídeo conferência com jornalistas, a localidade é de fácil acesso já que tem outras que precisam de até 3 dias de viagem.