EFEMadri

O lateral-esquerdo Marcelo compareceu ao Liceu Europeu de La Moraleja nesta terça-feira, cumprindo a convocação para ser mesário nas eleições da comunidade autônoma de Madri, e, após ser liberado, se juntou à delegação do Real Madrid que viaja a Londres para encarar o Chelsea na quarta-feira, pela partida de volta das semifinais da Liga dos Campeões.

Marcelo cumpriu as obrigações como cidadão espanhol, já que possui dupla cidadania, ao se apresentar em um centro de votação nesta manhã.

Apesar das tentativas do brasileiro e do Real Madrid para que o jogador não precisasse ser mesário, a Junta Eleitoral não o liberou porque já havia expirado o prazo de uma semana para alegar causa justificada e documentada.

O lateral chegou ao centro de votação às 8h30 (horário local) e, na composição da mesa, foi liberado e pôde voltar para casa. Para o caso de Marcelo ter que completar a jornada eleitoral, o clube havia preparado um voo privado para o deslocamento do jogador a Londres.

O brasileiro integra a lista de relacionados pelo técnico Zinedine Zidane para a partida decisiva de quarta-feira e poderá participar do último treino, em Stamford Bridge, nesta noite. Na partida de ida, Real e Chelsea empataram em 1 a 1, em Madri.