EFELondres

O meia-atacante armeno Henrikh Mkhitaryan desfalcará o Arsenal na final da Liga Europa, que será disputada contra o Chelsea, no dia 29 deste mês, em Baku, segundo informou o próprio clube 'gunner' por meio de comunicado.

A decisão foi motivada pelos problemas nas relações diplomáticas entre Armênia e Azerbaijão, países que fizeram parte da União Soviética, são vizinhos e já entraram em guerra pela região de Nagorno-Karabakh, localizada no sudoeste do território azeri, mas com maioria de população armena.

"Exploramos todas as opções possíveis para que Micki fizesse parte do time, mas depois de consultar ele e a família, chegamos a conclusão de que não deveria fazer parte da viagem", aponta o texto divulgado pelo clube.

"Escrevemos à Uefa, explicando nossas profundas preocupações sobre a situação. Micki foi um jogador-chave no nosso caminho até a final, portanto, é uma perda importante, da perspectiva do time", completa a nota.

Recentemente, o governo do Azerbaijão se manifestou, garantindo que não haveria nenhum impedimento para a entrada do meia-atacante no país, apesar dos problemas diplomáticos com a Armênia.