EFELondres

O ministro-chefe de Guernsey, Gavin St Pier, propôs que o restante do Campeonato Inglês seja disputado na ilha, diante do menor perigo de propagação do novo coronavírus, conforme publica a imprensa britânica nesta terça-feira.

O território, localizado entre as costas da Inglaterra e da França, não teve qualquer caso de infecção pelo patógeno nos últimos 18 dias. Atualmente, há apenas quatro pacientes considerados ativos na região.

A manifestação de St Pier surgiu a partir de uma mensagem enviada por um usuário do Twitter, que sugeriu que todos os jogadores fossem levados para a ilha e colocados em quarentena durante 14 dias. O ministro-chefe de Guernsey respondeu a ideia positivamente.

"Se alguém estiver seriamente interessado, estou certo de que poderemos ter um importante diálogo sobre isso e como executar de forma segura. É algo complicado e um pouco maluco, mas nunca se sabe", afirmou St Pier.

A ilha é conhecida mundialmente por ser onde Victor Hugo escreveu "Les Misérables" e por ter sido ocupada pelo exército nazista durante a Segunda Guerra Mundial.