EFEBarcelona

O Barcelona precisou apenas dos primeiros 45 minutos para carimbar sua classificação às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, ao derrotar neste sábado o Napoli por 3 a 1, no Camp Nou, com todos os gols da partida sendo marcados no primeiro tempo.

Com o triunfo de hoje, o Barça garantiu sua 13ª participação consecutiva nas quartas da Champions.

Mostrando estar com a pontaria em dia, o Barcelona não demorou a ficar em vantagem. Aos dez minutos, Rakitic bateu escanteio, e o zagueiro Lenglet cabeceou marcando 1 a 0.

Aos 23 minutos, Lionel Messi fez um gol com sua assinatura após linda jogada individual pelo lado direito, chutando no canto do goleiro colombiano David Ospina, ampliando a vantagem catalã.

Já aos 39, o camisa 10 do time catalão foi derrubado dentro da área por Koulibaly, pênalti marcado pela arbitragem com o auxílio do VAR. Sete minutos depois, o uruguaio Luis Suárez cobrou fazendo 3 a 0.

A equipe italiana ainda diminuiu antes da saída para o intervalo, também em cobrança de pênalti convertida por Insigne, aos 50 minutos.

Tendo empatado o jogo de ida na Itália, disputado em fevereiro - antes da paralisação do futebol europeu por conta da pandemia da Covid-19 - por 1 a 1, o Napoli precisou sair mais para o ataque, já que nesta altura, qualquer empate lhe favorecia.

E o primeiro ataque na etapa final foi justamente dos italianos, aos sete minutos, com Insigne, que cabeceou fraco para a defesa de Marc ter Stegen.

O Napoli ainda teve um gol anulado, após a arbitragem marcar impedimento de Milik, que cabeceou para o gol do Barcelona em posição irregular.

Foi a última grande oportunidade dos italianos, que não conseguiram furar a defesa do Barça, que agora se prepara para as quartas de final. O adversário será o Bayern de Munique, em jogo único que será disputado na próxima sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa.

A equipe alemã também se classificou hoje após golear o Chelsea, em Munique, pelo placar de 4 a 1. EFE

fa/phg

(foto)