EFEXangai (China)

A seleção brasileira masculina de basquete lutou nesta segunda-feira, mas não resistiu aos Estados Unidos e perdeu por 89 a 73, em Shenzhen, na China, e se despediu da Copa do Mundo na segunda fase, para piorar, sem a vaga direta nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecerão no ano que vem.

Os comandados pelo croata Aleksandar Petrovic entraram em quadra precisando de uma vitória simples para avançar às quartas de final, depois da derrota para a República Tcheca, que perderam mais cedo pela Grécia. O revés, no entanto, acabou jogando o Brasil para a lanterna do grupo K.

No duelo com os americanos, a seleção chegou a resistir no primeiro tempo, em que perdeu por 43 a 39, e no início do segundo. Aos poucos, no terceiro quarto, a seleção treinada por Gregg Popovich deslanchou e foi aumentando a distância, até deixar os brasileiros sem reação.

O cestinha da partida foi o armador Vítor Benite, com 21 pontos. O pivô Anderson Varejão também foi bem, com 14 pontos e oito rebotes. Nos EUA, o pivô Myles Turner e o armador Kemba Walker fizeram 16 pontos, cada um.

Com a vitória, os Estados Unidos fechou a campanha nas duas primeiras fases com cinco vitórias, em cinco jogos. A segunda colocação ficou com a República Tcheca, apesar da derrota para a Grécia por 84 a 77.

Tchecos, gregos e brasileiros terminaram com oito pontos, já que venceram três partidas e perderam duas, e de acordo com o regulamento, o critério de desempate foi o saldo de cestas no confrontro entre as três seleções, o que deu a vaga para Tomas Satoransky e companhia.

Dessa forma, o ala Giannis Antetokounmpo, MVP da última temporada da NBA, também se despediu da Copa do Mundo, sem chegar a brilhar como acontece quando veste a camisa do Milwakee Bucks.

Com a derrota, o Brasil ainda não conseguiu ficar entre os dois representantes das Américas nesta edição do Mundial, pois termina em 13º, atrás de Estados Unidos e Argentina, que conseguiram classificação às quartas de final, assim, não obteve vaga direta nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Os comandados por Petrovic, que foi expulso no jogo de hoje, após reclamar de marcação da arbitragem, terão agora que encarar o Pré-Olímpico, que será composto por quatro competições com seis seleções. Os campeões de cada torneio, que estão previstos para acontecer em junho, irão à capital japonesa.

Hoje também aconteceu a definição do grupo L, com a Austrália vencendo a França por 100 a 98, em Nanjing, em duelo entre dois classificados, que serviu para definir a primeira colocação. Com isso, a seleção da Oceania encarará a República Tcheca, e a europeia os Estados Unidos.

O ala francês Evan Fournier foi o cestinha da partida, com 31 pontos, um a mais que o armador Patty Mills, melhor pontuador entre os australianos.

As quartas de final da Copa do Mundo serão abertas amanhã com duas partidas: Argentina e Sérvia, e Espanha e Polônia. A partir desta fase, até a decisão, a competição acontecerá em sistema eliminatório.