EFEGenebra

Cafu, Ronaldinho Gaúcho, Luís Figo, Éric Abidal, Christian Karembeu e Fernando Hierro, entre outros, participarão de um jogo beneficente no próximo dia 21 de abril em Genebra, cuja renda será destinada a programas de luta contra a desigualdade e o desenvolvimento social.

O encontro surge de uma parceria da Uefa com a ONU, que querem usar o poder do futebol para arrecadar fundos para fins sociais.

"Queremos promover o respeito, a solidariedade e os valores da ONU, e o esporte os reúne", afirmou em entrevista coletiva o diretor-geral da ONU, Micahel Moller, que teve a ideia de usar "a força do futebol" para promover uma causa solidária.

"Agradeço a ideia. Assim que nos sugeriram aceitamos, porque o futebol é o maior movimento social no mundo. Estamos atravessando tempos perigosos e agora é mais importante do que nunca fazer o bem e arrecadar fundos para boas causas", afirmou, por sua vez, o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.

Junto a ambos estava o ex-jogador português Luís Figo, que comandará uma das equipes que disputará o amistoso.

Figo confirmou que também participarão da partida os brasileiros Cafu e Ronaldinho Gaúcho, os franceses Éric Abidal, Christian Karembeu, Youri Djorkaeff, Robert Pirès e David Trezeguet, os espanhóis Fernando Hierro, Luis García e Gaizka Mendieta, o português Nuno Gomes, o finlandês Jari Litmanen e a ex-jogadora alemã Célia Sasic.

"Esperamos anunciar nas próximas semanas outros grandes nomes", acrescentou Figo.

As equipes serão dirigidas pelo italiano Carlo Ancelotti e o francês Didier Deschamps, e o árbitro escolhido para a ocasião é o italiano Pierluigi Collina, que apitou a final da Copa do Mundo de 2002 entre Brasil e Alemanha.

"O futebol é o esporte mais popular que existe, é uma força para o bem, e é importante que construamos para criar um mundo melhor", acrescentou o ex-meia português, que anunciou que a venda dos ingressos começou hoje.

Os bilhetes custarão 10, 17 e 22 francos suíços (R$ 35; R$ 60; e R$ 77).

O estádio de Genebra, onde vai acontecer o amistoso, conta com 30 mil lugares, mas o governo da cidade já comprou 6 mil ingressos para distribuir a jovens que participam das ligas de futebol de base.

A renda obtida com a ação, que também contará com um jantar beneficente e um leilão pela internet organizado pela Fundação da Uefa para a Infância, será destinada ao financiamento de projetos de desenvolvimento humanitário internacional, que serão determinados quando for divulgado montante total arrecadado.

A ideia da ONU é transformar este evento em uma reunião anual.