EFERedação Central

O argentino Lionel Scaloni, campeão da Copa América com a 'Albiceleste,, foi anunciado nesta segunda-feira entre os finalistas do prêmio The Best da Fifa de melhor técnico do mundo em 2021 no futebol masculino.

O treinador da seleção da Argentina desde meados de 2018, com a conquista do torneio continental, obtida após vitória sobre o Brasil na decisão, encerrou um jejum de títulos iniciado em 1993.

Outro campeão continental que está na briga é o italiano Roberto Mancini, que levou a 'Azzurra' ao topo do pódio da Eurocopa, ao bater a Inglaterra na decisão.

A lista de sete indicados, montada a partir da opinião de especialistas, não conta, entre outros, com o alemão Jürgen Klopp, do Liverpool, que foi o escolhido na edição passada da premiação.

Na disputa com Conte e Scaloni pelos votos populares, que poderão ser dados no site da Fifa até 10 de dezembro, também estão o alemão Thomas Tuchel, do Chelsea, e o espanhol Josep Guardiola, do Manchester City, campeão e vice da Liga dos Campeões, respectivamente.

Os outros concorrentes são o italiano Antonio Conte, do Tottenham, o alemão Hansi Flick, do Bayern de Munique, e o argentino Diego Simeone, do Atlético de Madrid.

No futebol feminino, a lista é restrita a cinco nomes, sendo três mulheres, as inglesas Beverly Priestman, comandante do Canadá, e Emma Hayes, do Chelsea, além da a holandesa Sarina Wiegman, que trocou recentemente a seleção da Holanda pela da Inglaterra.

Além disso, disputam o prêmio o espanhol Lluís Cortés, do Barcelona, o sueco Peter Gerhardsson, que treina a seleção da Suécia. EFE