EFEBuenos Aires

Um casal argentino decidiu incluir River Plate no nome do filho recém-nascido para homenagear o clube, que no próximo sábado enfrentará o Boca Juniors no primeiro jogo final da Taça Libertadores.

"Pensei em perguntar à minha esposa sobre a possibilidade de chamá-lo de River, já que o sobrenome dela é Plate e tudo se encaixava. Ela me disse que sim, que depois veríamos. E com o passar do tempo fomos amadurecendo essa ideia", explicou à rádio "Cadena 3" Nahuel Eduardo Bejarano, o pai do bebê, que nasceu no dia 16 de outubro na cidade de Pinamar, na província de Buenos Aires.

O pequeno foi registrado como Agustín Enzo River, e seus sobrenomes são Plate Bejerano.

"É uma ideia que sempre tive. A princípio, ia se chamar Enzo, por causa do 'príncipe' (em referência ao ex-jogador uruguaio Enzo Francescoli), meu maior ídolo", ressaltou o pai.

Perguntado sobre se sua mulher, Ana Sofía, é torcedora do River Plate, o homem disse que ela é "simpatizante".

"Agora tem que se acostumar porque em casa é 'tudo River'. Acordamos com River, vamos dormir com River...", contou entre risos.

Sobre a final contra o Boca, a primeira entre dois clubes argentinos na história da Libertadores, Bejarano foi taxativo.

"Esperando para ver um espetáculo único. Tomara que tenhamos a possibilidade de voltar a vê-lo algum dia, se não, devemos aproveitar ao máximo", concluiu.