EFEBerlim

Favorito para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa após vencer o primeiro confronto contra o Chelsea, o Bayern de Munique confirmou essa condição e neste sábado - com show de Lewandowski, autor de duas assistências e dois gols - confirmou a classificação com uma nova vitória sobre os ingleses, desta vez por 2 a 1, em Munique.

A missão dos "Blues" era muito difícil após em fevereiro - antes da paralisação do futebol na Europa por conta da pandemia da Covid-19 - ter sido goleado em casa por 3 a 0. E ficou praticamente impossível ao sofrer o primeiro gol logo aos dez minutos de jogo, marcado pelo artilheiro Lewandowski, em cobrança de pênalti.

Quatro minutos depois, os bávaros quase ampliaram com Thomas Müller, que chutou por cima do gol de Wilfredo Caballero. Porém, aos 24, o Bayern chegou aos 2 a 0, com Perisic, que sozinho na área, recebeu passe de Lewandowski e superou o goleiro argentino.

O Chelsea deu seu primeiro chute ao gols aos 26 minutos, com o brasileiro naturalizado italiano, Emerson Palmieri, obrigando Neuer a jogar a bola para escanteio. Na sequência, os ingleses balançaram as redes do Bayern pela primeira vez com Hudson-Odoi, mas o gol foi anulado por conta de impedimento marcado pela arbitragem.

Mas antes do término do primeiro tempo, o Chelsea conseguiu diminuir a diferença, com o atacante Tammy Abraham, aproveitando falha de Neuer.

A etapa final não foi diferente do primeiro tempo e o Bayern de Munique seguiu comandando o ritmo do jogo, mas a bola só balançou as redes somente após dos 30 minutos.

Aos 31, Lewandowski cruzou pela esquerda e o volante francês Corentin Tolisso chutou de primeira para fazer 3 a 1. Oito minutos depois, o camisa 9 do Bayern marcou pela segunda vez na partida, ao completar de cabeça um cruzamento de Álvaro Odriozola.

Foi o 13º gol de Lewandowski na Liga dos Campeões, artilheiro isolado da competição.

Agora o Bayern de Munique embarca para Lisboa onde na próxima sexta-feira, pelas quartas de final, enfrentará o Barcelona - que hoje eliminou o Napoli - em jogo único disputado no Estádio da Luz. EFE

rz/phg